Isolamento social pode ser tão prejudicial quanto tabagismo


Qual a relação entre fumar e sentir-se sozinho? De acordo com diversos estudos científicos, a longo prazo, as duas condições são igualmente prejudiciais à saúde. Isso porque, assim como o tabagismo, o isolamento social provoca sintomas capazes de gerar problemas como AVC e ataque cardíaco. Uma possível explicação para isso é que a solidão faz com que as pessoas sintam-se ameaçadas e vulneráveis. Dessa forma, o corpo desencadeia uma resposta fisiológica que pode acarretar consequências negativas.

Há alguns anos, pesquisadores de Harvard apontaram que pessoas com um círculo social pequeno possuem alto nível de fibrinogênio no sangue. Em excesso, essa proteína de coagulação pode aumentar a pressão sanguínea e provocar o depósito de gordura nas artérias. Por sua vez, um psicólogo da Universidade de Chicago defende que o sentimento de solidão, mais do que o isolamento social em si, aumenta os níveis de cortisol no corpo. Esse hormônio é associado ao estresse e também eleva a pressão arterial. Além disso, reduz o sistema imunológico e pode causar o declínio da performance do sistema cognitivo.

INTERAÇÃO SOCIAL X ISOLAMENTO SOCIAL

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o isolamento social não é causado apenas pela ausência de uma rede de contatos. Em algumas situações, estes contatos existem. Porém, o que não há é uma interação real e efetiva. Neste contexto, o importante é reconhecer a diferença entre estar só e sentir-se só. Outro ponto relevante é não deixar que as amizades fiquem restritas às redes sociais. Por isso é tão importante incentivar o estabelecimento de vínculos e a interação entre as crianças. Até porque, fazer amizades é parte integrante do processo para um bom desenvolvimento infantil.

De outro modo, o fim da vida adulta e o início da terceira idade é o período em que o isolamento social acaba manifestando-se mais intensamente. Afinal, este é um momento notadamente marcado por perdas. De pais, cônjuges, irmãos, amigos próximos ou até mesmo dos filhos. Como consequência, há redução no número de confidentes, ou seja, daqueles amigos e familiares mais chegados, com quem se podia desabafar. Este choque emocional também causa problemas de saúde, como depressão, demência precoce e problemas cardíacos. Por isso, é fundamental poder contar com outros parentes e novos amigos para superar estas situações difíceis. Afinal, estar perto de alguém ajuda as pessoas a sentirem-se mais valorizadas. Porém, o que você espera dos outros e como relaciona-se com eles é igualmente relevante.

COMO MELHORAR A QUALIDADE DOS RELACIONAMENTOS E DE SUA SAÚDE INDIVIDUAL

1. Dedique um momento para rever suas expectativas frente às outras pessoas.

2. Reflita: o que você espera de uma boa companhia?

3. Lembre-se: ninguém é perfeito. Então, se você quer ser abraçado, abrace. Também procure ser uma pessoa agradável para se ter por perto e conviver. Inspire hábitos e atividades saudáveis, seja gentil e solidário.

4. Busque um equilíbrio entre sua vida familiar, pessoal, social e profissional para que nenhuma área possa desestabilizá-lo completamente.

Foto: iStock/FantasticRabbit

#amigos #amizade #círculo #i9elements

0 visualização

Contato

Deseja conhecer a i9 academia? Agende uma visita! Será um prazer receber você!

Endereço: R. Augusto Jung, 481 - Centro, Novo Hamburgo - RS - CEP: 93510-340

Horário de funcionamento:

Segunda à sexta das 6h às 22h
​Sábados das 9h às 13h

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Whatsapp
arrow&v

© 2020 - Comunicação e Marketing i9 academia